Instagram

Categorias

29/07/2017

Negra, Caribenha, Latino-Americana

Oi pessoas lindas! 

Vou começar me apresentando, me chamo Débora Lúcia tenho 30 anos e há pouco mais de 1 ano criei um instagram para compartilhar dicas, pensamentos, mensagens e reflexões acerca do que eu estava e estou passando enquanto mulher negra me redescobrindo. É uma imensa alegria fazer parte do time de colaboradores desse Blog que foi um dos primeiros a me ajudar com dicas na época de minha transição. Quinzenalmente nos encontraremos aqui pra falar sobre empoderamento, auto estima, cultura negra e valorização da beleza negra. 
Acervo pessoal
Nessa última terça feira, dia 25 de Julho foi o dia da mulher negra, caribenha e latino-americana.

E o que temos para comemorar? 68% da população carcerária feminina no Brasil é negra e 8% da população acadêmica é negra (não ha recorte de gênero).

Para muitas de nós, solidão é estar sozinha na multidão, mas para essas mulheres, é estar vigiada 24h por dia e não poder receber uma visita sequer por 15 anos ou mais, elas acordam às 4h da manhã e recebem todos os tipos de humilhação para visitarem seus maridos, pais, filhos. Para elas solidão é estar sempre sozinha e desvalorizada em relação a outras mulheres, é não ser reconhecida como mulher.

Para muitas de nós, ser valorizada é ser reconhecida como profissional no mercado de trabalho. Para essas mulheres a valorização começa no reconhecimento delas enquanto PESSOAS, que falam, escrevem, estudam como qualquer outra mulher, precisamos nos unir e nos enxergar para só assim nós podermos lutar pela igualdade de gênero.

Dia 25 de julho foi o nosso dia, não sei como faremos pra chegar lá juntas, só sei que o nosso corpo de mulher preta vai passar; que ninguém se engane, sabemos que serão milhões de passos a frente, mas nenhum passo atrás.
Fonte: Google
Espero que tenham gostado da reflexão, nos vemos no próximo post!
Mais reflexões como essa no instagram @bemvindoscachinhos e no meu canal com o mesmo nome.

Beijos!

Um comentário:

  1. Arrasou nega! É isso aí, vamos nos unir e ser mais fortes juntas! @qlineferreira118

    ResponderExcluir